Plano de fundo esquerdo do banner

Ensino e aprendizagem

O que é o currículo oculto e como lidar com ele

As aprendizagens do currículo oculto não estão previstas em planejamento, mas influenciam a construção de identidade e de visão do mundo dos estudantes.

Ensino e aprendizagem

Tempo de leitura: 3 min
Newsletter

As crianças aprendem mais do que está previsto em um plano de aula na escola. Valores, comportamentos e regras sociais estão no rol de aprendizados do currículo oculto.

Quando falamos em “currículo”, estamos nos referindo às experiências com propósitos educativos proporcionadas a crianças, jovens e adultos no contexto escolar. Elas se manifestam de diferentes formas, intencionalmente ou não.

A seguir, você vai conhecer as principais características do currículo oculto.

Confira:

O que se aprende no currículo oculto
A diferença entre o currículo oculto, o formal e o real
Como professores podem lidar com o currículo oculto
Aprenda novos métodos com quem já está transformando a educação

CTA: Faça uma pós graduação com quem está reinventando a educação! Matricule-se Já!

O que se aprende no currículo oculto

O currículo oculto é o conjunto de experiências educativas vividas pelos estudantes que não está explicitado no currículo oficial, mas que contribuem para a aprendizagem de normas sociais e comportamentos coletivos. Estas são representadas por comportamentos, atitudes e valores necessários para o funcionamento da sociedade.

Tais ensinamentos são transmitidos de forma implícita, nas relações entre colegas, professores, gestores e comunidade escolar. É um processo de ensino e aprendizagem inconsciente, que acaba formando identidades, subjetividades e saberes.

Os elementos do ambiente escolar que promovem as aprendizagens do currículo oculto são:

  • Relações sociais, da administração até os vínculos entre colegas de classe;
  • Espaço escolar: a organização convencional de salas de aula, com carteiras enfileiradas, ensina valores como obediência e aceitação de ordens. Já salas mais abertas fomentam a cooperação e o diálogo;
  • Tempo: a estrutura escolar ensina questões como pontualidade, gestão do tempo e delimitação de tarefas.

A imagem que professores têm dos estudantes também faz parte do currículo oculto. Concepções prévias do que seria um “bom” ou “mau aluno” interferem no desempenho da turma, fazendo com que parte dos estudantes interiorize a ideia de que sempre terá um péssimo rendimento por “não terem nascido para estudar”.

Essas concepções se manifestam de forma objetiva e subjetiva. Do ponto de vista objetivo, elas podem influenciar a atribuição de notas nas avaliações. Do subjetivo, elas podem ser expressadas por meio de comentários e gestos de irritação.

O conceito de currículo oculto também prevê o uso da experiência e sensibilidade dos docentes para compreender situações não previstas no planejamento e, assim, adequar o processo de ensino e aprendizagem ao contexto da turma.

>>> Ideias inspiradoras para cumprir o ODS 4: Educação de Qualidade

A diferença entre o currículo oculto, o formal e o real

A principal diferença entre os três tipos de currículo é a explicitação em documentos do que será feito no processo de ensino e aprendizagem.

Como já vimos antes, o currículo oculto é inconsciente. Ele não é um conteúdo didático planejado por professores e escolas, nem recebe orientações oficiais do poder público.

Já o currículo formal, também chamado de currículo prescrito, é um documento registrado e orientado a nível nacional e local, por meio de leis, diretrizes e planos pedagógicos. Ele reúne os conhecimentos fundamentais de cada disciplina e etapa escolar e que deve ser adquirido pelo estudante.

No Brasil, por exemplo, o currículo formal é predefinido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC).

Por fim, o currículo real é a aplicação do currículo formal ao dia a dia da sala de aula. É a elaboração do plano de aula por parte dos educadores, que muitas vezes adaptam o conteúdo e usam diferentes estratégias de acordo com as características de cada turma.

>>> Da sala de aula à diretoria: o papel de um gestor escolar

Como professores podem lidar com o currículo oculto

Entender o que é o currículo oculto e como ele se manifesta é o primeiro passo para professores mudarem a postura em sala de aula.

Ao se relacionar com a turma, é preciso focar em gestos e linguagens que enfatizem valores positivos, como o diálogo, o respeito e a diversidade. Os docentes devem se manter atualizados sobre temas sociais atuais que façam parte da realidade dos estudantes, para assim estarem mais bem preparados para responder dúvidas que não estão contempladas no planejamento.

Na prática, professores devem prestar atenção nas diferentes abordagens de ensino que o currículo oculto possibilita:

  • Escutar o que crianças e adolescentes têm a dizer, bem como observar seus comportamentos em grupo;
  • Estimular que os estudantes interajam entre si e convivam em harmonia por meio de métodos comportamentais;
  • Gerenciar com calma possíveis conflitos entre os colegas, pontuando quais ações não são cidadãs;
  • Relacionar as práticas pedagógicas com a realidade socioeconômica dos estudantes;
  • Estimular a reflexão por meio de espaços de debates sobre assuntos de interesse público;
  • Incentivar atitudes de protagonismo juvenil;
  • Manter um diálogo humanizado entre educador e educando.

O mais importante é ter em mente que todo indivíduo é capaz de aprender, o que deve ser comunicado para todos os estudantes. O professor deve fazer com que a turma se sinta valorizada e capaz de ter sucesso nos estudos, independentemente da matéria.

>>> Como escolher a melhor pós-graduação em educação

Aprenda novos métodos com quem já está transformando a educação

Formar cidadãs e cidadãos conscientes exige métodos de ensino inovadores.

Aprenda o que há de mais novo em metodologias ativas e tecnologias educacionais no curso Docência Inovadora: educação para o século XXI da Pós Educação Unisinos.

As aulas são 100% online e têm início imediato.

Inscreva-se na pós-graduação em Docência Inovadora da Pós Educação Unisinos

Sobre o autor

Redação

Conteúdo para quem quer inovar em sala de aula. Vamos juntos reinventar a educação?

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página.

Acompanhe a transformação na Educação.

Confira os últimos artigos sobre inovação, metodologias de ensino e aprendizagem e carreira docente que preparamos para você.

Plano de fundo esquerdo dos posts relacionados
Plano de fundo direito dos posts relacionados